CODAPAR

07/03/2019

Codapar fortalece parcerias em Paranaguá

07/03/19

A diretoria da Codapar esteve em Paranaguá na última sexta-feira (01/03) onde visitou o novo presidente da APPA (Administração Portuária dos Portos de Paraná e Antonina), Luiz Fernando Garcia da Silva. Dentre os assuntos discutidos estavam as perspectivas para as próximas safras e as obras de ampliação do cais 201 do porto e de implantação da correia transportadora.

A ampliação do cais 201 no extremo oeste do porto, permitirá a atracação de navios de grande porte no local, triplicando a capacidade de exportação. A previsão de término de entrega da obra que está dentro do prazo é para março de 2020.

É uma grande conquista para o Porto. São 28 anos de espera por esta obra que, desde 1990, já teve três versões do projeto elaborado”, disse o diretor de Operação do Porto de Paranaguá, Luiz Teixeira da Silva Junior, que atua na APPA há 42 anos.

Através de uma parceria entre a CODAPAR e o Moinho Iguaçu S/A, mediante uma Concessão Onerosa de Uso da antiga Unidade da Codapar em Paranaguá, foi construído o mais moderno armazém/terminal exportador de Paranaguá com capacidade para 50 mil toneladas, que ficará sob concessão por um período de 25 anos. Após esta data poderá retornar a sua operação para a Companhia ou renovar a referida concessão por igual período. As obras da correia transportadora estão em execução e possibilitarão a expedição de 2.500 toneladas por hora através de 1.200 metros diretamente do armazém ao novo cais.

Estiveram presentes representando a CODAPAR a Diretora Presidente e Diretora Técnica Operacional Débora Grimm, o Agente de Controle Interno Francisco Carlos Alves, o Responsável Técnico pelo Controle de Qualidade Wagner Spirandelli e o Gerente da Unidade da Codapar em Paranaguá, Luciano Jazar Zanikoski. Pelo Moinho Iguaçu S/A o Diretor Presidente Alcides Cavalca e o Responsável Técnico Eulisses Machado. Pela APPA o presidente Luiz Fernando Garcia da Silva e o Diretor de Operações Luiz Teixeira da Silva Junior.

Fonte: CODAPAR

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.